Dia de celebrar os pais

dia-dos-paisChegou o dia de celebrar os pais, comemorar um dia inteiro. Homenagens, presentes, mensagens, ligações, enfim, de todas as formas dizer o quando este personagem é importante.

Como pai, ainda inexperiente, mas com uma vontade imensa de fazer que essa missão seja cumprida em toda a sua plenitude, tenho experimentado ao longo destes quase três anos momentos insubstituíveis. O primeiro deles, sem dúvida, no dia em que soube que esperávamos um bebê. Indescritível, emocionante, fantástico… Chorei como uma criança ao saber que o amor que eu e minha esposa nos dávamos em 9 anos frutificara e teríamos um filho ou filha, para cuidar.

Desde então, foram meses de espera, expectativa, descobertas, uma vida completamente nova. A chegada de Alice, há aproximadamente dois anos me mostrou que tudo tem um novo sentido, que ainda mais forte é o meu amor por minha esposa que se mostrou uma guerreira e ao mesmo tempo uma mãe sublime, zelosa, doce, apaixonada.

Aí, fico a pensar em tantas histórias que escutamos todos os dias. De casais que tiveram problemas a partir da chegada dos filhos, de maridos incompreensíveis pelo cuidado e dedicação que as mamães tem com os recém nascidos achando que ficaram em segundo plano, entre tantos outros. Claro que cada pessoa é diferente, mas muitas vezes esses problemas acontecem justamente porque esses pais não se envolvem no processo de corpo e alma. Para mim, nada mais delicioso do que levantar todas as vezes que forem necessárias à noite para atender os chamados da minha princesa, de levantar pela manhã e busca-la no berço para entregar à mamãe para amamentar, dar banho, trocar fraldas, arrumar, levar a todos os lugares… E tudo isso, ganhando o que de recompensa…? Sorrisos, abraços, beijos (tudo bem que ainda são lambidas, rss) e a indescritível emoção de ouvir a palavra papai.

Não tem cansaço, dor, ou qualquer outra coisa que desanime, pois, no dia seguinte sei que ela precisará de novo da minha presença, e alí estarei enquanto Deus me der forças, fazendo a minha parte e curtindo cada instante. Vivendo este amor imenso e intenso.

Neste dia dos pais de 2015, trouxe ela para cama cedinho e enquanto ela amamentava eu cochilei. Mais tarde, acordar com um sorrisão ainda banguelo, um abraço e um beijo foi demais. Ah, e ela ainda chamou para rezar, juntando as mãozinhas e olhado para o papai e a mamãe.

Espero que a cada dia, pais que ainda não aprenderam o verdadeiro sentido de sua missão possam descobrir-se enquanto um membro da missão e cuidar dos filhos, se encontrem nesse que é um tesouro de alegrias em nossa vida  e não sejam apenas aqueles que forneceram o material genético para a geração deste filho, porque, coitados, estão perdendo um tempo precioso, não veem seus filhos crescerem e não dão o que é essencial para que eles cresçam pessoas de bem: o amor.

Que não sejam que aqueles que simplesmente dão todos os bens materiais que as crianças precisam e muitas vezes que não são sequer necessários. Que abracem mais, beijem suas crianças independente da idade, coloquem no colo, deem carinho, parem de ler o texto (como parei de escrever) para atender um chamado do seu filho. Cada instante desse dá sentido a nossa vida, são muito mais importantes do que qualquer presente.

Feliz dia dos pais para aqueles que já descobriram a beleza dessa palavra e a vivem intensamente. Mas, de maneira especial para aqueles que ainda tem apenas esse título mas ainda não descobriram o prazer de viver em sua plenitude.

Autor: Júnior Patente, 09/08/2015

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com