Após mais de 8 anos, menino deixa hospital e vai para casa em Canoas

Em casa, Roger Inácio Dutra da Silva aproveita para brincar com prima Giovanna Dutra dos Santos (Foto: Hygino Vasconcellos/G1)

Veja a alegria de Roger, oito anos, no retorno para casa depois de oito anos de internação hospitalar. Por determinação judicial Roger passará a ser acompanhado em casa, com os custos cobertos pela Prefeitura da Cidade de Canoas e o Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

De acordo com a matéria, Roger passou por uma séria complicação intestinal no primeiro ano de vida, implicando em uma cirurgia onde teve parte do intestino removido. Com isso, acabou dependente de nutrição parenteral (dieta pela veia) e acompanhamento médico permanente.

Cerca de 10% das crianças com síndrome de Down têm alguma questão estrutural do trato gastrointestinal, mas casos como o do Roger são menos frequentes.

Você pode conhecer mais detalhes sobre as questões gastrointestinais e outros problemas de saúde prevalentes em pessoas com síndrome de Down na Coleção de Cadernos de Saúde disponível no site do Movimento Down.

Caderno – Questões Gastrointestinais: https://goo.gl/xrLSE7

Coleção completa: https://goo.gl/AOkgvs

A matéria é do Portal G1.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com