Dono de restaurante com Síndrome de Down distribui abraços aos clientes

Tim 01“Eu nasci em janeiro de 1986. Algumas horas depois do meu nascimento, nosso médico disse aos meus pais que eu tinha Síndrome de Down.

Muitas pessoas falaram aos meus pais que eles sentiam muito. Eu imagino que eles não imaginavam até então o quão incrível eu iria me tornar.

Crescer com três irmãos foi bem divertido. Eles me tratavam com um irmão – não como alguém especial ou diferente. Eles nunca deixaram que eu usasse a minha deficiência para não lavar a louça quando fosse minha vez. Embora eu tenha tentado algumas vezes.

Eu ingressei nas Olimpíadas Especiais quando eu tinha 13 anos. Meus esportes olímpicos são basquete, poly hockey, vôlei, golfe e atletismo. Eu tenho dezenas de medalhas de ouro – bem mais que outro campeão olímpico, Michael Phelps. Muitas delas estão exibidas no meu restaurante.

Eu acho que ser um atleta ajudou a mim e aos meus amigos a sermos populares na escola. Eu era tão popular que decidi concorrer a Rei do Baile no meu último ano. Eu fiquei muito feliz quando venci. Meus irmãos me disseram que, embora eu fosse o Rei da escola, eu não era o Rei da nossa casa!SONY DSC

Depois da escola eu tinha o sonho de ir para a faculdade. No outono de 2004 eu me mudei para Roswell, Novo México, para ingressar a Universidade do Novo México Oriental. E sim, é verdade, existem alienígenas em Roswell. Eu me graduei no verão de 2008 com certificados em serviço de alimentação, habilidades de escritório e atendimento em restaurante.

Após a faculdade, eu sabia que queria morar sozinho. Eu amo muito os meus pais, mas eu queria ter a minha própria vida. Em julho de 2010, eu me mudei para o meu próprio apartamento. Eu faço as minhas próprias compras de supermercado, lavo minha própria roupa e pago todas as minhas contas.

Eu amo morar em meu próprio lugar. E eu sou sortudo, meu restaurante fica logo na porta vizinha. Eu aposto que você desejaria caminhar para o trabalho em apenas dois minutos.

Por 10 anos eu tive o sonho de ter o meu próprio negócio. Estou aqui para dizer a você que sonhos viram realidade. Eu sou o dono do Tim’s Place (Lugar do Tim) – o restaurante mais amigável do mundo, localizado em Albuquerque, Novo México.

Tim 02Minha parte preferida do dia é distribuir os Tim Hugs (Abraços do Tim) de graça. Eles estão no menu e a maioria das pessoas pede ao menos um. Eu já distribuí mais de 40 mil abraços. Eu até tenho um contador na parede para manter a contagem dos abraços. Imagino que você possa dizer que eu sou uma máquina de abraços.

Eu tenho o sonho de inspirar outras pessoas a alcançarem as estrelas. Se eu posso fazer, você também pode.”

Tim Harris

Conheça um pouco mais do Tim e seu restaurante:

Tradução: Adele Lazarin

Fotos: Tim’s Place

Fonte: http://edition.cnn.com/2013/07/10/health/human-factor-harris/

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsHelp Chat Button Install this code on every page of the website before the closing tag: